Voltar

Urodinâmica | U.M.I. - Urodinâmica Minimamente Invasiva

Compartilhe:
U.M.I. - Urodinâmica Minimamente Invasiva

Urodinâmica e Vídeo-Urodinâmica

E se você tivesse um conector que dispensasse a introdução da sonda uretral até a bexiga?

Chegou a U.M.I.: Urodinâmica Minimamente Invasiva

O Professor Dr. Carlos Arturo Levi D´Ancona (UNICAMP) explica esta evolução na Urodinâmica:

O Problema: A avaliação urodinâmica consiste em registrar a Pressão Vesical durante a fase de enchimento e esvaziamento, bem como o Fluxo Urinário durante a micção, podendo contribuir significativamente para o diagnóstico das disfunções vesicais. No entanto, trata-se de um procedimento invasivo, com introdução de sonda até a bexiga, demorado, de custo elevado e não isento de efeitos adversos. Métodos alternativos têm sido desenvolvidos para diminuir os inconvenientes.

A Solução: Uma equipe multidisciplinar da UNICAMP, composta por profissionais de Urologia e Engenharia Biomédica, desenvolveu uma técnica inovadora e minimamente invasiva, que consiste em um dispositivo denominado conector uretral. Após estudos preliminares demonstrando sua eficácia, o conector foi patenteado pela Unicamp (Pat. N. PI 0502171-5, CEB-UNICAMP) e licenciado para a Dynamed.

Nasce a U.M.I. (Urodinâmica Minimamente Invasiva): O novo dispositivo se adapta ao meato uretral no homem, possibilitando o registro da pressão vesical e do fluxo urinário. Este método reduziu substancialmente o desconforto para o paciente e o risco de infecção urinária. O novo método não substitui a avaliação urodinâmica convencional, mas contribui para o estudo funcional do esvaziamento vesical.

MAIS VANTAGENS
  1. Possibilita repetir o exame diversas vezes por ser minimamente invasivo.
  2. Permite o diagnóstico precoce de obstrução intravesical.
  3. Facilita o acompanhamento da evolução do paciente durante o tratamento clínico ou pós-cirúrgico.
PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

O princípio de funcionamento do Conector Uretral Minimamente Invasivo é simples e mede a Pressão Real do detrusor sem que seja necessário acessar a bexiga. A relação entre a Pressão Vesical e a curva de Fluxo Urinário geram um Nomograma, especialmente desenvolvido para esta finalidade.

Depois de terminado o exame, o software de alta tecnologia traduz os dados de Fluxo X Pressão Minimamente Invasiva e os apresenta de modo facilmente compreensível para a realização do diagnóstico do paciente. Pode-se efetuar um laudo, imprimir e exportar os gráficos.

ANÁLISE DE ALTA PERFORMANCE
  • Medição Minimamente Invasiva da Pressão Vesical Masculina.
  • Clinicamente testado pelos profissionais da Urologia da UNICAMP.
  • De fácil compreensão e operação.
  • Resultados de fácil interpretação.
  • Conectores descartáveis e de baixo custo.
  • Redução de riscos cistométricos.
  • Realização da Urofluxometria Convencional.
  • Medição precisa da capacidade de contração vesical masculina.
  • Conforto e segurança para o paciente.
  • Simplicidade, rapidez e baixo custo na realização dos exames.

Acessórios, Consumíveis e Telas

Voltar

PRODUTOS

i-Uroli: Wi-fi
U.M.I. - Urodinâmica Minimamente Invasiva
Dynapack
Dynapack Versão para Vídeo-Urodinâmica
CT3000
Dynapack 2 Slim
M.A.R.
Easy H2
ScopHe
Neurodyn Evolution
Perina Stim
Sistema S-Cath<sup>TM</sup>
Cateter de Duplo Lúmen
Cateter Balão Retal de Látex
Cateteres para Manometria Anorretal
Cateteres para Manometria Esofágica
Separador de Vias de Canais
Tubos de Silicone para Mecanismos de Infusão
Extensões de PVC
Pasta Condutiva
Soluções Buffer
Substratos em Pó
Substratos Líquidos
Cadeira Automatizada Easy Chair
Cadeira Totalmente Inoxidável
Maxtrat
Pedestal

Youtube

Aceitamos todos os cartões de crédito:

Aceitamos todos os cartões de crédito
Pague com BNDES

Pague com: